Veja como usar bem o 13º salário e começar 2019 com as contas em dia

por Rosa Falcão

A primeira parcela do 13º salário deverá ser paga até o próximo dia 30 de novembro pelas empresas.

Falta pouco para o trabalhador colocar a primeira parcela do 13º salário no bolso. Na próxima sexta-feira (dia 30 de novembro) vence o prazo para as empresas pagarem metade da gratificação natalina. O valor corresponde a um salário a mais no final do ano. Que tal planejar antes de gastar? Nada de esbanjar nas compras e confraternizações. A grana extra é uma oportunidade para começar 2019 no azul.

Quitar dívidas – Contas vencidas devem ter prioridade. Selecione as dívidas com juros mais altos, como o cartão de crédito e o cheque especial. Procure os credores para negociar as condições mais favoráveis. O importante é se livrar dos encargos e se for o caso, sair da condição de inadimplência.

Continua após Publicidade

Reserva para gastos – Lembre-se que o início do ano é recheado de despesas que pesam no orçamento. Entre elas: IPTU, IPVA, Imposto de Renda, além da matrícula e do material escolar das crianças. Seja previdente e reserve uma parte da grana para arcar com as despesas extras de janeiro.

Compras natalinas – Faça um orçamento de quanto vai gastar com as compras de presentes. Nesta época do ano começa a temporada de confraternizações, refeições fora de casa, amigo secreto, e as “lembrancinhas”. O ideal é estimar um valor para as despesas extras do Natal e para o Ano Novo.

Antecipe as compras – O ideal é fazer as compras com antecedência. Dessa forma você terá mais tempo para pesquisar e comparar os preços, escolher produtos mais em conta, e fugir do estresse das lojas cheias. Uma dica: seja criativo e prestigie os produtos sustentáveis.

Poupe para os sonhos – Natal é tempo de sonhar. Sabe aquela viagem dos sonhos que é sempre adiada? Você pode poupar uma parte do 13º salário para colocar o pé na estrada. Mesmo que seja pouco dinheiro, de grão em grão a galinha enche o papo. Só precisa começar e ter disciplina para poupar.

Investir é opção – Se for possível, reserve uma parte da grana para investir. Caderneta de poupança, título público do Tesouro Nacional, fundos de investimentos, previdência privada. Hoje existe uma cesta de investimentos que cabe no gosto e no bolso.

Descontos na segunda parcela – É bom lembrar que a primeira parcela do 13º salário é livre de impostos e por isso o valor é maior. A segunda parcela,que deverá ser paga até o dia 20 de dezembro, vem com os descontos do Imposto de Renda, INSS, entre outros. Este ano, a gratificação natalina vai movimentar cerca de R$ 211,2 bilhões na economia do país, segundo as projeções do Dieese.

Compartilhar! Facebook LinkedIn Google+ Twitter

Deixe seu comentário O que você achou?

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algum conteúdo impróprio, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continua após Publicidade