Prepare-se para a temporada de estágio

por Cláudia Santos

Internet é uma aliada para  buscar de vagas de estágio e qualificação Crédito:http://bit.ly/2Kn38Tp

A temporada de estágio está prestes a começar. A partir de dezembro, as empresas começam a encerrar contratos com estagiários, que precisam ser substituídos. A temporada para valer acontece entre janeiro e março. É bom começar a se organizar desde já para conquistar seu espaço. No país existem cerca de 1 milhão de vagas. A maioria, 740 mil, para o ensino superior. As outras 260 mil estão distribuídas entre os ensinos médio e técnico. As informações são da Abres (Associação Brasileira de Estágios).

Disputa acirrada – O estágio é uma das portas de entrada para o mercado de trabalho. Portanto, é acirrada a disputa dos estudantes. Os mais preparados têm mais chances de vencer a disputa. Segundo a Abres, apenas 9,2% dos estudantes universitários fazem estágio.

Experiência – Nem sempre o estudante pode colocar no currículo a experiência em atividades que possam despertar o interesse das empresas. Nesse caso, invista em qualificação profissional. Ela conta muitos pontos. Não se preocupe se está no início do curso. O mercado admite estudantes que estão apenas começando e isso é bom para sua carreira. O mais importante são as atividades extracurriculares e o voluntariado

Aproveite as férias – Todo mundo fica doido para ser divertir nas férias. Talvez você possa incluir um curso rápido, palestras ou seminários na programação. Vale também aperfeiçoar a língua. Fazer um intercâmbio, capacitação online ou apostar em ensino à distância (EAD). A ideia é caprichar no currículo. E impressionar.

Continua após Publicidade

Currículo Falando em currículo. É bom investir um pouco de tempo na elaboração. Ele é geralmente sua carta de apresentação, online ou entregue em mãos, não importa. Um currículo precisa ser breve e informativo.  Apresentar suas habilidades e conhecimentos. Veja mais dicas aqui.

Linkedin – A rede social profissional, o Linkedin, pode dar uma mãozinha para quem busca estágio. Se ainda não tiver um perfil na rede, faça um. Procure estabelecer conexões dentro da sua área de atuação ou de seus interesses profissionais. Se já tem um perfil que anda meio esquecido, atualize. Profissionais de RH estão em grande número nessa rede. E sempre aparece vagas de estágio.

Pesquise – Procure focar na sua área de aprendizado. Faça um filtro, selecionando entre as vagas ofertas que possam ajudar no seu crescimento profissional. Analise o perfil das empresas contratantes. Busque informações entre colegas de escola ou da faculdade. Aprimore seu network. Um colega que está terminando um estágio pode indicar você para substituí-lo. Fique atento!

Vagas na rede – A internet é um bom lugar para procurar oportunidades.  Algumas plataformas na rede, como WallJobs,   podem mostrar onde estão essas vagas. Você pode fazer seu cadastro e entrar na disputa no ambiente online. Outra opção é conferir a oferta de vagas nos sites do CIEE e da Abres

Voluntário – Trabalho voluntário também conta pontos. Há empresas que valorizam candidatos que têm essa experiência no currículo. Veja se tem alguma atividade voluntária com a qual se identifica e turbine sua candidatura. Não pense em remuneração nesse momento. O trabalho voluntário é bom para você e para quem recebe a ação.

Entrevista – Prepare-se para a entrevista, que pode ser online e presencial. Em qualquer caso, pontualidade, clareza, foco, informações confiáveis são fundamentais. Mostre boa comunicação, criatividade, desenvoltura e iniciativa. Treine. Nesse vídeo você pode conferir dicas de como se sair bem na entrevista para o estágio ou emprego.

Bolsa – Os estagiários são remunerados através de bolsas. Pesquisa feita no ano passado pelo Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube) mostra que a média geral paga é de R$ 1.002,79. É um pouco maior no nível superior (R$ 1.125,69), e chega a R$ 768,27 no técnico e R$ 620,45 no médio. Não se preocupe se na sua área o auxílio é menor. Pense na chance de aprender na prática. Mas cuidado com empresas que exploram essa mão de obra somente para não contratar profissionais, mais caros. Estagiários têm seus direitos e benefícios, como horário e tempo de atividade, férias, compatibilidade com horário de estudos, supervisão.

Prepare-se para as oportunidades que vão aparecer na temporada de estágio e boa sorte!

Compartilhar! Facebook LinkedIn Google+ Twitter

Deixe seu comentário O que você achou?

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algum conteúdo impróprio, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continua após Publicidade