Não esqueça de declarar sua bitcoin no IR

por Leianne Correia


A bitcoin entrou na mira do leão da Receita Federal. Melhor dizendo: quem comprou a criptomoeda vai ter que informar ao felino tal aquisição. Mesmo não sendo reconhecida como moeda pelo Banco Central, é considerada um investimento pela Receita.

Por isso precisa ser declarada. Tem o mesmo tratamento que o investimento em ações ou qualquer outra aplicação financeira. Elas entram na aba Bens e Direitos. Dentro desta aba, deve colocar na opção outros bens. Informe pelo valor que comprou a moeda virtual.

Continua após Publicidade

Um detalhe que vai desagradar ainda mais o investidor é que, quando for vender a moeda, se tiver algum ganho, comparado ao valor da compra, tal lucro deve ser tributado. Caso não o faça, está sujeito à multa. O tamanho da mordida varia de 15% a 22,5%.

Neste ano, a Receita deu uma incrementada no detalhamento dos bens e direitos. Dependendo da natureza de cada bem, o contribuinte terá que fornecer informações complementares, como por exemplo: número de registros, área, localização do bem, CNPJ de empresas e/ou instituições financeiras.

Ainda não baixou ou programa do IR? Aproveita e clica aqui. Boa sorte e acompanhe nossas dicas para a declaração do Imposto de Renda.

Quer saber mais sobre investimento em bitcoin? Clica aqui.

Compartilhar! Facebook LinkedIn Google+ Twitter

Deixe seu comentário O que você achou?

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algum conteúdo impróprio, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continua após Publicidade