Dicas de como economizar no supermercado

por Leianne Correia

Tânia Rêgo/Agência Brasil

A nova onda agora dos supermercados são os selinhos colecionáveis, que preenchidos numa cartela, dão brindes ao consumidor. A cada valor de compra você ganha um número de selos. Esta estratégia atende pelo nome de fidelização. O consumidor que deseja o brinde certamente concentrará as compras nesta rede.

O que por um lado pode ser uma estratégia da alavancar vendas, por outro, pode ser seu aliado na economia. O cuidado principal é ficar atento aos preços, porque nem sempre vai valer a pena a compra só para garantir os selos.

Continua após Publicidade

Planejamento do cardápio
Desperdício é um dos maiores pecados com o bolso e o meio ambiente. Por isso, planejar as compras com base num cardápio ajuda a combater o desperdício. Ajuda no planejamento da semana, por exemplo, e na execução das tarefas.

Lista
Vai para o supermercado? Não confie na memória. A possibilidade de comprar o que não precisa é grande quando não se tem uma lista de compras. Antes de ir ao mercado, veja na dispensa o que falta. Para não comprar o que já tem.

De olho nos preços
Não abra mão da boa e velha pesquisa de preços. Você realmente consegue economizar quando compara os preços. Hoje existem aplicativos que auxiliam nesta tarefa. As diferenças podem surpreender o bolso. Para o bem ou para o mal.

No caixa
Na hora de passar o produto no caixa, verifique se o preço que aparece na registradora é o mesmo da etiqueta da prateleira. Acontece, com mais frequência do que se imagina, de o preço que passa no caixa ser maior que o da etiqueta. O Código de Defesa do Consumidor prevê que o menor preço é o que vale. Então, atenção. A pressa na compra pode causar prejuízo ao bolso.

Produtos da estação
É sempre mais barato abastecer o carrinho com verduras e frutas da estação. Como a oferta delas é maior, o preço é mais acessível.

Outras marcas
Fidelidade deve ser ao bolso e não à marca. Por isso, se sua marca preferida de sabão em pó está mais cara que as outras, dê uma chance às novas marcas. Elas podem surpreender com o resultado e fazem uma diferença positiva na hora de pagar.

Resista
Quando você entrar num supermercado tenha em mente que todas as prateleiras, organização de produtos e propagandas espalhadas pela loja têm um único objetivo: te seduzir para comprar. Então, foco no que foi efetivamente comprar e não se deixe levar pelo impulso.

Frequência da feira
Hoje em dia, tempo é um artigo de luxo. Melhor mesmo é organizar a frequência com que você vai ao supermercado. Pode comprar produtos com maior prazo de validade, como os itens de higiene, mensalmente. Comida, como feijão, arroz, macarrão, pode ser comprada quinzenalmente. Já os produtos perecíveis, como frutas, verduras e carnes, semanalmente.

Compartilhar! Facebook LinkedIn Google+ Twitter

Deixe seu comentário O que você achou?

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algum conteúdo impróprio, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continua após Publicidade