Como evitar fraudes e golpes nas compras de Natal

por Rosa Falcão

Fique atento ao fazer transações com cartões de crédito e de débito em lojas físicas e nas compras pela internet.

Nesta época de Natal aumentam as transações financeiras com cartões de crédito e de débito. Com maior volume de dinheiro circulando, as pessoas vão às compras, seja por meio físico ou pela internet. Para se proteger de fraudes e golpes o consumidor deve redobrar os cuidados com as senhas dos cartões nos locais de grande aglomeração e no comércio eletrônico. Pensando nisso, a Febraban

– entidade que representa os bancos – preparou uma cartilha com dicas para aumentar a segurança das operações bancárias. Confira.

1. Ao comprar presentes pela internet, tenha certeza que o site que está utilizando é o verdadeiro. Prefira digitar o endereço diretamente no navegador. Verifique também se a barra de endereços traz o cadeado de segurança e preste atenção no endereço que está sendo exibido.

Continua após Publicidade

2. Ao receber um boleto para pagamento, seja pelos Correios ou eletronicamente, verifique se é uma cobrança devida e confirme atentamente os dados da compra. Em caso de dúvidas, entre em contato com a empresa que emitiu o boleto e confirme os dados antes de pagá-lo.

3. Não use redes wireless (wifi) desconhecidas ou em locais públicos para efetuar transações bancárias. Se precisar fazer transações em trânsito, prefira usar a rede 3G.

4. Em casa, mantenha sempre sua rede wifi protegida por senha e altere a senha do seu roteador, evitando manter as senhas padrões.

5. Atenção a ligações telefônicas ou abordagens pessoais solicitando doações de Natal para entidades como asilos, creches ou outras semelhantes. Antes de fazer qualquer transação, verifique se a entidade realmente existe. Nunca forneça dados bancários.

6. Cuidado com mensagens de cartões de Natal contendo links. Muitas mensagens desconhecidas podem ter programas maliciosos que, ao serem instalados, tornam vulnerável o computador ou smartphone.

7. Lembre-se: nunca informe seus dados pessoais e senhas em canais que não sejam os oficiais do seu banco, tampouco por solicitações telefônicas.

8. Os bancos não solicitam que portadores recolham cartões de débito e crédito em sua casa, nem se estiverem vencidos ou cancelados. Não entregue seus cartões a outras pessoas, mesmo que se identifiquem como sendo do banco.

9. Em locais com aglomerações, proteja sua bolsa/carteira/telefone celular. Se tiver seu cartão, documentos, cheques ou celulares roubados, entre em contato com os órgãos competentes como bancos, operadoras de telefonia e delegacias. Providencie imediatamente o bloqueio dos seus cartões, cheques e telefones.

Compartilhar! Facebook LinkedIn Google+ Twitter

Deixe seu comentário O que você achou?

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algum conteúdo impróprio, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continua após Publicidade