Aprenda a tirar as gorduras do orçamento

por Cláudia Santos

Você acha que seu orçamento está ajustado? Consegue pagar tudo sem se endividar? Ou pelo contrário, o salário não chega ao final do mês? Seja qual for o caso, vale a pena dar uma analisada nas suas despesas mensais e fazer cortes que, aparentemente insignificantes, podem ser a diferença entre ficar com as contas no azul ou no vermelho. E lembre-se: economizar é uma forma de poupar

TV e telefone
Se você trocou sua TV aberta pela TV a cabo, pode ter feito um bom negócio em termos de entretenimento, mas ajude o seu bolso. Às vezes a gente compra um pacote completo e nem tem tempo de assistir. Economize escolhendo um plano mais em conta e que realmente seja compatível com seu tempo e seu bolso

Para quem só tem interesse em assistir filmes, canais de streaming, como Netflix, podem sair mais baratos.
O mesmo vale para o celular e a internet. Tem gente com aparelhos moderníssimos, mas que usa basicamente para fazer ligação e enviar mensagens pelo WhatsApp.

O pacote de internet também pode estar maior do que as suas necessidades. Negocie com a operadora

Conta de luz
A conta de energia pode ser reduzida com dicas simples, como desligar os equipamentos da tomada. TV e micro-ondas, por exemplo, consomem energia mesmo em stand by

Diminua o tempo de uso do chuveiro elétrico, ou desligue no período de calor,
principalmente aqui no Nordeste. Um banho não precisa ultrapassar os cinco minutos

Apague as luzes quando deixar o ambiente e troque lâmpadas comuns pelas do tipo led

Continua após Publicidade

Cozinha
Desperdiçar alimentos é ruim para o bolso e o meio ambiente. Seja consciente. Não cozinhe para um batalhão, quando há só duas pessoas em casa. A gente sempre acha que vai reciclar a comida ou congelar para usar depois e acaba levando para o lixo mesmo

Evite ficar abrindo e fechando a geladeira desnecessariamente. Tire de uma vez tudo que vai precisar e cheque sempre as borrachas de vedação

O gelágua pode ser até cômodo, mas dá para passar sem ele. Encher umas garrafas de água não dá trabalho nenhum.

E nada de torneira aberta enquanto passa detergente nos pratos. Dinheiro também desce pelo ralo

Carro
Programe roteiros para que o veículo seja usado por mais de uma pessoa da casa

Combine carona com seus amigos ou colegas de trabalho. Dá para cada um ser o motorista da vez e dividir os gastos com estacionamento e combustível

Faça revisões periódicas no veículo para não ser pego de surpresa com uma despesa extra
por falta de manutenção

Se o veículo é flex, calcule quando é mais vantajoso usar álcool ou gasolina

Compras
Fome e supermercado não combinam. Você compra com os olhos e o estômago e quem sofre é o bolso. Alimente-se para encarar a maratona

Cheque a despensa antes de sair e faça uma lista de compras

Verifique a validade dos produtos. Às vezes grandes descontos significam que o item está perto do vencimento. Se não vai consumir até lá, esqueça

Pesquise, pesquise e pesquise, mas faça as contas para que o custo do deslocamento não anule a economia na compra de alguns itens

Comendo fora de casa
Veja se você não está tomando cafezinho demais. O preço pode até parecer baixo, mas quando se multiplica em um dia, mês ou semana faz a diferença

Se você é um daqueles que se vira na cozinha, ou tem alguém que faça a comida, aproveite e leve marmita para o trabalho. Dá para comer bem, gastando menos

Comer fora não está proibido, mas se você precisa enxugar o orçamento, restrinja as idas aos restaurantes. O mesmo vale para a cervejinha e a balada. Reunir a família ou os amigos em casa de vez em quando pode ser uma boa estratégia para economizar.

Compartilhar! Facebook LinkedIn Google+ Twitter

Deixe seu comentário O que você achou?

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algum conteúdo impróprio, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continua após Publicidade