App do Tesouro Direto ajuda a realizar sonhos

por Cláudia Santos

Tesouro Nacional/reprodução

Seu sonho viajar, estudar, comprar um carro ou ter uma reserva quando se aposentar? Se guardou alguma dinheiro e pensa em investir no Tesouro Direto para chegar lá, um novo aplicativo lançado na segunda-feira dá um mãozinha. Digamos que você aplicou uma quantia em um dos papéis vendidos pelo Tesouro Direto, o IPCA 2024. No app do Tesouro Direto é possível acompanhar o progresso financeiro para cumprir sua meta, de acordo com o valor investido e o prazo escolhido do título. Isso se você decidiu fazer esse investimento. Mas, se nem sabe o que é o Tesouro Direto, nem como aplicar, como descobrir? A ferramenta também traz essas respostas.

Gerente virtual
O app do Tesouro pode ser usado para o investidor aplicar resgatar, ou consultar seus títulos e tarifas cobradas pela corretora escolhida. A ferramenta também é útil para quem não sabe nada sobre a aplicação. Uma gerente virtual, chamada Tetê foi criada para atrair novos investidores, principalmente as mulheres, que ainda são minoria no Tesouro Direto. Do total de 1,9 milhão de aplicadores, apenas 27,9% são do sexo feminino. Daí a “coincidência” do lançamento acontecer na semana do Dia Internacional da Mulher, nesta quinta-feira, 8.

Para baixar o app
Por enquanto, o aplicativo está disponível apenas para o sistema IOS. A promessa é o acesso pelo sistema Android a partir de abril. Se ficou curioso, baixe o app para entender um pouco sobre esses papéis vendidos pelo Tesouro Nacional. Há duas opções iniciais para quem não é investidor: Porque investir e Como investir. Na primeira são apontadas vantagens como segurança, rentabilidade, acessibilidade, flexibilidade e comodidade.

Continua após Publicidade

Compare os investimentos
Na aba “Como investir”, é possível simular aplicações comparando com investimentos em LCI/LCA, Fundo DI, CDB e poupança. Você informa quanto e por quanto tempo pretende investir e obtém o resultado, inclusive com a rentabilidade e o valor do Imposto de Renda recolhido. O Tesouro Direto tem um simulador também na sua página na internet. Clique aqui para saber mais.

Primeiros passos
No app você pode entrar na opção “Não sei que título escolher”. Quando clica, surge a pergunta “Qual o seu sonho”. Ai é só escolher entre reserva financeira, aposentadoria, automóvel, casa, estudos e férias. Em seguida indica em quanto tempo quer realizar o sonho, quanto pretende investir, se fará aplicações mensais e com qual título comprado pretende realizar o sonho. E o sonho fica cadastrado facilitado o acompanhamento. Parece muita coisa, mas é fácil simular. Além do que, é uma boa ideia para incentivar o planejamento financeiro. Se você está distante da meta no prazo de resgate do título pode aplicar um pouco mais por mês, mas sempre de olho no orçamento.

Simulando o investimento
Outra informação prática do app do Tesouro Direto é que você pode escolher na simulação se prefere saber quanto vai ganhar ou se pretende preservar o poder de compra na hora de resgatar o título. O simulador então indica a melhor opção de título. Nesse caso, você está definindo seu perfil enquanto investidor. Segundo informações da BM&F Bovespa, responsável pela administração dos papéis do Tesouro Direto, os títulos mais procurados são Tesouro Selic, corrigido pela taxa de juros Selic, com 41,2% de investidores, seguido pelo Tesouro IPCA mais o Tesouro IPCA com juros semestrais, corrigidos pela inflação, que ficam com 33,4% do total. Se você ainda não decidiu é bom conferir qual o seu perfil como investidor antes de optar.

Defina seus sonhos
Realizar seus sonhos é possível desde que existam compromisso e planejamento. Se você definiu o que deseja fazer com sua vida financeira, corra atrás para concretizar seus objetivos, poupando parte do que ganha e fazendo seu dinheiro render. Boa sorte!

Para saber mais sobre investimentos com títulos do Tesouro Direto clique aqui

  para ouvir o podcast do Econômicas ou na página do Tesouro Direto

 

Compartilhar! Facebook LinkedIn Google+ Twitter

Deixe seu comentário O que você achou?

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algum conteúdo impróprio, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continua após Publicidade